Quais As Características Sócio, Clínicas E Demográficas Dessas Mulheres?

Em 30% a 50% dos casos há comprometimento dos linfonodos axilares no momento do diagnóstico, sendo que as metástases regionais indicam o potencial metastático à distância e sistêmico. Somente duas mulheres (15,4%) iniciaram o tratamento no intervalo de tempo recomendado, ou seja, até três meses após o início dos sinais e sintomas.6 Com as outras onze mulheres (84,6%), o início do tratamento ultrapassou a recomendação técnica, o que mais uma vez indica condição para o estadiamento avançado da doença e piores prognósticos. Mulheres com um a três linfonodos comprometidos têm 60% de sobrevida em 10 anos. Analisando os intervalos de tempo apresentados na tabela 1, observou-se que o tempo perdido entre o sintoma até o início do tratamento, seja cirúrgico ou por quimioterapia neoadjuvante, é elevado, contribuindo com a progressão da doença e o surgimento de metástases. Essa taxa reduz para 20% nas mulheres que tiveram de 3 a 4 ou mais linfonodos com metástases na ocasião do diagnóstico.

Streamed 19 hours agoEmbora apontadas como intrínsecas às demandas de saúde das pessoas com o HIV/Aids, as necessidades de vínculo e acolhimento, traduzidas nas entrevistas como escuta, conversa e apoio, surgiram recorrentemente como distintas das necessidades centradas no plano biomédico, de atendimento médico e tratamento medicamentoso. Essa distinção parece, porém, limitar a integração multiprofissional à medida que gera intervenções alienadas para cada um desses planos. O contexto peculiar de constituição dos centros analisados, em que os profissionais iniciaram suas atividades na atenção às pessoas com o HIV/Aids simultaneamente à criação dos serviços, necessitando delinear o projeto de trabalho ao mesmo tempo em que produziam respostas às demandas assistenciais, propiciou as reflexões desenvolvidas no presente estudo sobre o trabalho da equipe multiprofissional. Foi, mais uma vez, nos depoimentos sobre a assistência domiciliar terapêutica que a confluência das biomédicas com as dimensões do vínculo e do acolhimento, entendidas como de cuidado, pareceu surgir de forma mais clara, fundamentalmente porque se enxergou a possibilidade de construir conjuntamente um projeto terapêutico a partir de investimentos que facilitassem esse exercício, como os treinamentos e as reuniões ordinárias.

Deixar de passear para ler um livro revela, por exemplo, os valores. Ela não sabe mais o que fazer com o tempo. Uma senhora de 72 anos, viúva, sempre contava sobre a angústia e o vazio que sentia com o passar dos dias. Antes, gostava de limpar a casa, arear todas as panelas e deixar a casa muito bem limpa. Dizia que o tempo ‘não passava’. O que tinha o seu tempo que era diferente daqueles que nem podem ‘perder o tempo’, ou que passa rapidamente? Mas agora não tem vontade de fazer nada e a casa não precisa mais ser limpa, pois nem fica suja. Ela não sabe como preencher seu tempo. Pois tenho tempo para ler, mas me privo de ter tempo para passear. Quando era casada, não tinha tempo porque o tempo era para o marido, agora ela não tem o marido, então o tempo sobra. Foi após a morte do marido que sua experiência do tempo tornou-se lenta.

Psicóloga, Mestre em Psicologia social e institucional (UFRGS) R. Ferreira Viana, 875/621 – Porto Alegre / RS. Os resultados indicam que os profissionais têm como atividades prioritárias as ligadas à Psicologia organizacional. Discutem-se suas práticas profissionais, experiências associadas ao prazer e ao sofrimento em seu cotidiano e concepções teóricas que embasam seu trabalho. Não foram encontrados casos em que eles interviessem na visão institucional ou tivessem ações ligadas à saúde mental de trabalhadores. Teve-se, como referenciais teóricos principais, a psicodinâmica do trabalho, a abordagem da subjetividade e trabalho e, para a análise das entrevistas, foi utilizada a análise de conteúdo. Médico, Doutor em Sociologia, docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia social e institucional (UFRGS) e do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia (UFRGS). Este artigo visa a problematizar as vivências de psicólogos que trabalham em empresas privadas. Trata-se de um estudo qualitativo, no qual se utilizou, como procedimento, a realização de entrevistas semi-estruturadas com dez psicólogos assalariados de empresas privadas de Porto Alegre e Grande Porto Alegre.

If you loved this write-up and you would like to obtain extra info pertaining to Previsao tempos kindly check out our web site.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Powered by WordPress | Theme Designed by: axis Bank bca Bank bni Bank bri Bank btn Bank cimbniaga Bank citibank Bank danamon Bank Indonesia Bank mandiri Bank ocbc bank Panin Bank syaria hmandiri dana google gopay indihome kaskus kominfo linkaja.id maybank ovo telkom telkomsel WA